terça-feira, 22 de outubro de 2019

ÓLEO AO MAR: O PROTESTO DE UM PESCADOR DE PROVIDÊNCIAS

    Que o governo federal ignora os problemas do nordeste isso não é novidade. Vai naquele "passo de tartaruga" pra salvar tartarugas, peixes, crustáceos atingidos pelo óleo que já poluiu 200 municípios,  numa extensão de 2.250 quilômetros em todos os estados da região. Dados do Ibama.
    De acordo com oceanógrafos, químicos e autoridades ambientais ouvidos pela BBC News Brasil, a contaminação provocada pelo óleo levará décadas para ser eliminada totalmente. O risco de intoxicação da natureza e dos seres humanos permanecerá por um bom tempo. Dizem os especialistas: o petróleo cru, muito tóxico, é uma substância orgânica que se degrada por fatores naturais. Mas pela grande quantidade que atingiu a costa brasileira, o problema é o tempo que isso vai demorar pra ocorrer.
    A falta de empenho do governo chegou a tal ponto que o Ministério Público acionou o Planalto na Justiça para que uma ação efetiva fosse tomada. O Ministério do Meio Ambiente "se defendeu" dizendo que vem tomando as medidas necessárias. Mas vamos lembrar que a imensa mancha de óleo aparaceu em 30 de agosto. Já se vão quase dois meses e ela só se espalha pelo nordeste...
    Essa situação levou um pescador da praia de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, a desabafar num vídeo. Ele cobra as autoridades medidas urgentes.
    Assista.


OBS: O "OFFSHORE" AO QUAL ELE SE REFERE É O ALTO MAR.








Nenhum comentário:

Postar um comentário