quinta-feira, 28 de novembro de 2019

A ESPECIALIDADE DA CASA: CONTRARIAR A CONSTITUIÇÃO

    Rasgar a Constituição é o esporte favorito desse governo. Lembra daquele exercício que os halterofilistas faziam rasgando listas telefônicas? Hoje já não dá porque simplesmente não existem mais listas telefônicas...
    Mas...a turma do governo brasileiro tem outro esporte: rasgar a Constituição. Foi assim, por exemplo, no caso da defesa da volta do AI-5. Agora vem outra "cacetada": Nossa "carta magna", de 1988, afirma que o estado tem caráter laico, ou seja: De uma forma geral, leis, instituições e políticas públicas não podem ser definidas com base em uma religião. Também define que nenhuma crença pode ser privilegiada. Assim como deve ser respeitado o direito de quem não tem religião, não tem fé alguma, ou seja, de quem é ateu.
    Poizintão... dito isso, o jornalista Jamil Chade informa que o Itamaraty contraria nossa Constituição. Segundo ele, num evento internacional em Budapeste, o secretário de Assuntos de Soberania Nacional e Cidadania, Fábio Mendes Marzano, afirmou que uma política de governo deve ser "tentar converter aqueles que não têm uma religião."
    É o estado tentando tutelar o cidadão...



UM GOVERNO QUE SENTE PRAZER EM RASGAR A CONSTITUIÇÃO






Nenhum comentário:

Postar um comentário