quarta-feira, 27 de novembro de 2019

BARROSO PARA TOFFOLI: "DESCULPE O AUÊ!"

    O ministro Luís Roberto Barroso, pediu desculpas ao presidente do STF, Dias Toffoli, por ter dito, depois do voto do colega na semana passada, o seguinte:
    "É preciso chamar um professor de javanês".
    Na sessão dessa quarta-feira, dia 27, Barroso se desculpou e disse que o comentário foi feito no salão branco, um local privado, reservado aos ministros. Ele afirmou que o som "foi captado por um microfone poderoso".
   Barroso comentou:
    “Eu gostaria de expressamente reiterar o meu apreço pessoal por vossa excelência, que não é abalado por eventuais compreensões diferentes do direito em algumas situações. E nessa linha presidente eu lamento que um comentário interno que fiz já dentro do salão branco, após o julgamento de quarta-feira passada, a propósito de um conto de Lima Barreto, tenha sido captado por um microfone poderoso”.
    Na semana passada, Toffoli não gostou nem um pouco da fala de Barroso sobre o "professor de javanês", mas, nessa quarta-feira, disse que a estima era recíproca.



CLIMÃO NA SUPREMA CORTE






Nenhum comentário:

Postar um comentário