terça-feira, 12 de novembro de 2019

"QUÉ VIVA MÉXICO!"

    Da Bolívia para o México! Evo Morales aceitou o convite e, na noite dessa segunda-feira, embarcou num avião rumo ao México. Na saída, o ex-presidente que renunciou (mas devido a pressões de militares, de oportunistas políticos e de fanáticos religiosos) cunhou a frase: "Dói abandonar o país por razões políticas". Mas fez uma promessa: "Voltar com mais força e energia".
    A Bolívia vive, nesses dias, um "vácuo de poder", já que o vice e os presidentes do Senado e da Câmara também renunciaram. O país ainda não sabe ao certo o que deve acontecer: A vice do Senador assumir? Os parlamentares elegerem novo comando para as duas casas do legislativo? Um grupo de "representantes da sociedade" assumir a administração federal e convocar, em 60 dias, novas eleições presidenciais? 


EVO COM A BANDEIRA DO MÉXICO A BORDO DO AVIÃO QUE O LEVOU PARA O ASILO POLÍTICO

Nenhum comentário:

Postar um comentário