terça-feira, 26 de novembro de 2019

AI-5: ATÉ TU, GUEDEXXXX ???!!!

 

 Não bastasse o Dudu ameaçar o país com a volta (?) do AI-5, agora é o ministro da Economia, Paulo Guedes que também tenta intimidar a oposição ao governo. Em entrevista em Washington (por que não falou isso aqui?), ele se saiu com essa:
   "Sejam responsáveis, pratiquem a democracia. Ou democracia é só quando o seu lado ganha? Quando o outro lado ganha, com dez meses você já chama todo mundo para quebrar a rua? Que responsabilidade é essa? Não se assuste, então, se alguém pedir o AI-5. Já não aconteceu uma vez? Ou foi diferente? Levando o povo para a rua para quebrar tudo. Isso é estúpido. É burro. Não está a altura da nossa tradição democrática".
    Olha... que eu me lembro, quebra-quebra nas ruas quem apoiou foi quem ajudou a tirar a presidente Dilma do governo sem crime de responsabilidade. Lembra? Insuflada pela Poderosa - que parou a programação para isso... - a massa ignara foi às ruas e muitos depredaram os patrimônios público e particular naquela época.
    Também não se pratica democracia ameaçando as pessoas. Querendo "determinar" como o povo pode se manifestar.
    Na verdade, os caras estão "se borrando" de medo do Lula...
    Políticos reagiram à fala de Guedexxx:
    Começando pelo próprio Lula:
    "Vamos deixar uma coisa clara: se existe um partido identificado com a democracia no Brasil é o Partido dos Trabalhadores. O PT nasceu lutando pela liberdade e governou democraticamente. Não fomos nós que elegemos um candidato que tem ojeriza à democracia."
    
    Gleisi Hoffmann (deputada federal, presidente do PT):
    "Governo prepara uso da violência contra movimentos sociais. Depois do relatório de consultoria dizer q Bolsonaro prevê agitações no Brasil; de deputada do PSL pedir ação policial contra o PT, agora Guedes defende uso do AI5."
    
    Fernando Haddad (ex-presidenciável, ex-ministro da Educação):
    "Um governo de covardes, sob todos os aspectos. 'Não se assustem se alguém pedir o AI-5', diz Guedes."
   
    Ivan Valente (deputado federal - PSOL/SP)
    "Não se assustem se alguém pedir o AI-5", disse Paulo Guedes. Sua agenda econômica é tão execrável contra os pobres que somente um regime autoritário pode implantá-la sem resistência. Guedes aprendeu com Pinochet que neoliberalismo combina com ditadura e resolveu fazer ameaças."
    
    Orlando Silva (deputado federal PCdoB/SP)
    "É o cúmulo que o ministro da Fazenda se preste a chiliques autoritários, normalizando a barbárie que foi o AI-5. Manifestações fazem parte do jogo democrático. Quem quer calar o povo é tirano!"
    
    Manuela D'Ávila (ex-deputada, ex-candidata à vice-presidente, PCdoB)
    "Guedes, o fã de Pinochet, fala em AI5. bolsonaro, fã de Ustra, envia o excludente de ilicitude para o congresso para “evitar mobilizações sociais”. Precisa desenhar o que eles imaginam para o país?"


Nenhum comentário:

Postar um comentário