quinta-feira, 7 de novembro de 2019

DIA RUIM PARA DELTAN

    O ministro do STF, Luiz Fux, suspendeu a liminar que impedia o procurador da República, Deltan Dallagnol, de ser julgado pelo Conselho Nacional do Ministério Público. Quem havia decidido pela suspensão do processo administrativo contra o chefe da Lava Jato, foi o juiz federal do Paraná, Nivaldo Bruni.
    Aí você me pergunta: "Mas por que querem julgar o Dandan?" Respondo... O processo apura "manifestação pública indevida" em entrevista à rádio CBN: O procurador criticou o STF, dizendo que decisões tomadas no Supremo passam a mensagem de leniência com a corrupção.
    Ô loco, meu!










Nenhum comentário:

Postar um comentário