quarta-feira, 23 de outubro de 2019

2022: AS DIFICULDADES DE CIRO E DORIA, SEGUNDO FERNANDO HADDAD

"Tem duas figuras que terão dificuldade até 2022, na minha opinião. Na esquerda, o Ciro, e, na direita, o [João] Doria [PSDB]. Pelas mesmas razões, razões muito parecidas. Uma dificuldade muito grande [que eles têm] de se descolar daquilo que ajudaram a construir. Você não consegue ter identidade. As pessoas começam a não ter segurança no que você, de fato, representa. Acho que isso está acontecendo com os dois. Uma dificuldade do eleitorado reconhecer representatividade. Afinal a quem eles representam?"
                                     Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-presidenciável pelo PT. Esse é o trecho de uma entrevista ao UOL.
    Bora Pensar! meu povo... Uma pequenina "discordância" de Haddad: Ciro não é de esquerda. Ele representa o centro-direita.



Nenhum comentário:

Postar um comentário